23 . Outubro

X

Museu da Misericórdia recebe o músico Luciano Calazans no Concerto nas Igrejas

Domingo (23), às 11h, o Concerto nas Igrejas acontece no Museu da Misericórdia com o Baixo em Pauta de Luciano Calazans.  São mais de 30 anos de carreira.

 

Luciano Calazans começou sua carreira profissional aos 13 anos de idade tocando em bares e bandas de baile em Salvador e pelo interior da Bahia. Aos 14 anos, começou a estudar teoria musical como autodidata. No ano seguinte, ingressou no curso preparatório de Composição musical e Regência da Universidade Federal Da Bahia. Em 1991, paralelo ao curso, entrou na Banda Reflexu's, com a qual fez diversas turnês pelo Brasil.

 

Em 1992, é convidado por Wesley Rangel para fazer parte do cast dos estúdios WR em Salvador, gravando com vários artistas como Margareth Menezes, Sarajane, Fafá de Belém, Zezé Di Camargo e Luciano, Xuxa, Timbalada, dentre outros. Fundou o grupo Bonde Xadrez juntamente com mais quatro musicos, gravando dois álbuns com eles. O projeto durou de 1993 a 1999. No mesmo ano de fundação do projeto, em 1993, foi convidado para compor a banda cantora Margareth Menezes, saindo em várias turnês pela Europa e Estados Unidos,e, assim, participando de grandes festivais pelo mundo, como o Free Jazz Festival, acompanhando Carlinhos Brown e dividindo o palco com grandes nomes: Herbie Hancock, Pat Metheny e Tom Jobim. Além disso, foi premiado com o Troféu Caymmi ano IX como melhor instrumentista. Em 1999ingressa na Banda do Bem, que acompanha a cantora Ivete Sangalo.

 

Em 2000, grava com Gilberto Gil, o CD EU,TU,ELES trilha sonora do filme homônimo. Em 2003 grava seu primeiro trabalho solo, o CD "Contrabaixo Astral". No mesmo ano, ganhou o prêmio de melhor arranjo com a música "Valsinha" de sua autoria, na segunda edição do Festival De Música da Rádio Educadora.[1]

 

Foi responsável pelo segundo DVD do artista Ricardo Chaves  "Um Estado De Espírito", gravado em Natal-RN e em estúdio com participação de Gal Costa e Margareth Menezes dentre outros. Assinou a produção e os arranjos do novo álbum da cantora e compositora Belô Velloso, intitulado "Versão Brasileira". Em 2009, o álbum "Contrabaixo Astral" foi relançado em formato digital pelo selo Dubas Música para todo o mundo. Além disso, criou o projeto "Ufonia", que é um neologismo e tem como idéia principal apresentar os instrumentos pela "cara" e pelo respectivo nome. De cunho cultural, informativo e elucidativo a UFOnia já participou de alguns festivais. É um "livro sonoro" que conta histórias com sons e nuances. Tudo de maneira musical e um tanto divertida. A Ufonia é instrumental e vocal. E se baseia particularmente na fusão de ritmos brasileiros e do Jazz. A banda é composta por Instrumentos da classe dos metais (Trombone, Trompete, Sax (Barítono, Tenor, Alto e Soprano), cordas e madeiras. As composições e arranjos são escritos por Luciano Calazans.

 

Hoje, Calazans se diz “mais que músico, e sim música”. No currículo, coleciona produções musicais, arranjos, aulas, formação de corais, chegando a escrever pra Orquestra, Cameratas e afins, além de arranjador de grandes concertos executados na cidade pela Osba e Neojibá. Em 2016 montou a sua própria Orquestra, a Soteropolifônica.

 

 

 

Cultura e História, Pelourinho Dia e Noite,