19 . Novembro

X

Rolé Brasil celebra o Dia da Consciência Negra em Salvador

 

Na véspera do Dia da Consciência Negra, dia 19 de novembro, o Rolé Brasil por Salvador realiza o terceiro roteiro pela cidade, desta vez pelo bairro do Pelourinho, abordando a importância histórica desse local para a formação econômica e social da Bahia. Este passeio, em especial, marca o fim da temporada do Rolé Brasil em 2016. Os professores da Universidade Estácio Rodrigo Rainha e William Martins esperam repetir o sucesso de público dos passeios anteriores. O evento, que é gratuito e dispensa inscrições, tem como ponto de encontro o Mercado Modelo, às 10h.

 

A história conta que a localização do Pelourinho foi estratégica: no alto, próximo ao porto e com uma barreira natural constituída por uma elevação abrupta do terreno, verdadeira muralha de até noventa metros de altura por quinze quilômetros de extensão, facilitando a defesa da cidade. “Na ocupação de Salvador a população mais rica, conforme seguia a tradição europeia, ocupava as regiões mais altas, transformando o entorno do que conhecemos como Pelourinho em uma área de ricos casarões, ruas em que a nobreza baiana, branca, circulava e exibia seus modos. Já na Cidade Baixa ficavam os mercados, os pescadores, as capoeiras e os mercados de escravos”, explica Rodrigo Rainha. 

 

Situado no coração do Centro Histórico da cidade, o bairro se tornou um grande shopping ao ar livre, oferecendo inúmeras atrações culturais. Há uma concentração de bares, restaurantes, boutiques, museus, teatros, igrejas e outros monumentos de grande valor histórico. “O século XX vê o surgimento de uma nova cultura, um novo jeito. Mas como a reconstrução de nossa identidade é poderosa, o símbolo do atraso, do abandono, vira o símbolo da ocupação, da cultura”, diz William Martins. O Rolé Brasil pretende justamente circular pelas diferentes versões do Pelourinho que conhecemos, fazendo o público se conectar com muitas histórias até então desconhecidas.

 

Roteiro: 

•         Mercado Modelo (ponto de encontro)

•         Elevador Lacerda 

•         Palácio Rio Branco

•         Prefeitura

•         Museu da Misericórdia 

•         Monumento da Cruz Caída

•         Praça da Sé 

•         Catedral Basílica de Salvador 

•         Igreja de São Domingos Gusmão

•         Largo do Terreiro de Jesus 

•         Largo do Pelourinho.

 

Sobre o Rolé Brasil

O objetivo do projeto Rolé Brasil é difundir a ideia de que a cidade é uma plataforma em constante construção, sendo a história um elemento importante para sua compreensão e potencial transformação. Acreditando nesta premissa, a M’Baraká e a Estácio estendem o Rolé a outras capitais do país seguindo os passos da própria universidade, que nasceu no Rio e aos poucos ampliou sua presença em todo o território nacional. 

Para a equipe do Rolé, a cidade é um ambiente multidisciplinar e os passeios estimulam o diálogo entre a população, o espaço urbano, a memória e as potencialidades da cidade. Para o professor Rodrigo Rainha, coordenador de pesquisa do projeto, “são roteiros pensados para serem feitos a pé, onde os guias são professores e o público é levado a uma aula a céu aberto. A rua é a sala de aula. O quadro é a paisagem urbana e o papo é sobre história, geografia, cultura, arquitetura, urbanismos e meio ambiente... sobre a alma e a identidade da cidade.” Sobre as diferenças de sotaque, Isabel Seixas, do Estúdio M’Baraká  adianta: “Se no Rio, Salvador e BH é Rolé e em São Paulo, Floripa e Fortaleza a gente vai de Rolê, tudo bem, o convite é o mesmo. Vamos dar um passeio descontraído por ai!”

 

Serviço:

O quê: Rolé Brasil por Salvador 

Quando: 19 de novembro (sábado), às 10h

Onde: Ponto de encontro no Mercado Modelo

Quanto: gratuito, sem inscrição prévia

Duração: aproximadamente 2 horas e meia

Informações: https://www.facebook.com/RoleBrasil

 

Fonte: FGM

Cultura e História, Pelourinho Dia e Noite, Educação ,