19 . Janeiro

X

Portas Abertas contará com roteiros especiais para museus

O primeiro objetivo do Portas Abertas já foi cumprido: promover a abertura de mais museus aos finais de semana na região do Centro Histórico. Desde o lançamento do projeto pela Prefeitura, no último dia 7, dez equipamentos participantes da inciativa já receberam a visita de mais de 800 pessoas aos sábados e domingos. Para aproveitar melhor a visita aos acervos que contam a história de Salvador e da Bahia, estão sendo lançados roteiros especiais divididos por temas e opções. A intenção é enriquecer ainda mais as experiências de moradores e turistas nos museus, sendo um atrativo a mais além das belas praias da primeira capital do Brasil.

São cinco roteiros no total. O primeiro tem como tema “Salvador: Cidade da Bahia”, com peças que revelam aspectos gerais da cidade, desde o surgimento até elementos que ajudaram a formar a cultura da capital baiana. O segundo roteiro, intitulado “Salvador: Nos Caminhos do Barroco”, tem como intuito mostrar o patrimônio religioso e civil que retrata este estilo artístico, principalmente na arquitetura, nas imagens e nas artes plásticas.

A terceira rota é “Salvador: Cidade Multicultural”, que traz a contribuição dos africanos e afrodescendentes no processo civilizatório baiano. “Salvador: Aspectos Históricos” traz como destaque a história da cidade, traços arquitetônicos, hábitos e costumes, religiosidade e culinária, entre outros itens. Por fim, em “Salvador: Arte da Azulejaria” os visitantes terão acesso à história da capital baiana contada através da azulejaria e cerâmica.

De acordo com o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, a iniciativa enfatiza Salvador como uma cidade rica em diversidade cultural e natural, oferecendo bons motivos para a visitação. “Os roteiros foram criados com o objetivo de apresentar aos baianos e turistas a diversidade cultural existente no Centro Histórico e, logicamente, as possibilidades de visitação. Tem roteiro para todos os gostos e idades. É uma prova de que Salvador, além de belas praias, tem uma rota cultural incrível, que merece ser conhecida por todos”, frisa.

 

Confira abaixo os roteiros detalhados:  

 "Salvador: Cidade da Bahia"

 - Opção 1

· Igreja e Museu da Santa Casa da Misericórdia – segunda-feira a sábado, das 10h às 17h; domingo, das 9h às 13h; feriado, das 13h às 17h. Entrada: R$6 (inteira) / R$ 3 (meia)

· Vila Étnica - sábado e domingo, das 9h às 13h. Ingresso visita guiada às salas temáticas: R$10

· Igreja São Pedro dos Clérigos – sábado, das 8h às 12h e das 13h às 17h – Entrada: R$3

 

- Opção 2

· Museu Eugênio Teixeira Leal – sábado, das 13h às 17h; domingo, das 10h às 14h

· Fundação Casa Jorge Amado – sábado e domingo, das 10h às 16h. Entrada: R$5,00

· Museu Gastronomia Baiana (Senac) – sábado, das 9h às 14h30

 

- Opção 3

· Museu Tempostal (Ipac) – sábado e domingo, das 12h às 17h

· Fundação Casa de Jorge Amado – sábado e domingo, das 12h às 16h. Entrada: R$5

· Igreja do Rosário dos Pretos – sábado, das 8h às 12h e das 13h às 17h

· Casa do Benin – sábado e domingo, das 10h às 16h. Restaurante do Benin a partir das 11h

 

"Salvador: Nos Caminhos do Barroco"

 - Opção 1

· Ordem Terceira de São Francisco – sábado e domingo, das 8h às 12h e das 13h às 16h30. Entrada: R$5

· Fachada da Igreja e Convento do São Francisco (1587)

· Museu Gastronomia Baiana (Restaurante Senac) – sábado, das 9h às 14h30

· Museu Abelardo Rodrigues (Ipac) – sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

 

- Opção 2

· Igreja do Carmo - Ordem 1ª – sábado, das 8h às 12h

· Igreja da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo – sábado, das 8h às 12h e das 14h às 16h30

· Museu Udo Knoff Azulejaria e Cerâmica (Ipac) - sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

· Vila Étnica cafeteria - sábado e domingo, das 9h às 13h. Entrada visita guiada: R$ 10

 

"Salvador: Cidade Multicultural"

 - Opção 1

· Casa do Benin (museu e restaurante) - sábado e domingo, das 10h às 16h

· Fachada da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos (1710)

· Fundação Casa de Jorge Amado - sábado e domingo, das 10h às 16h. Entrada: R$5

· Centro Cultural Solar Ferrão (Ipac) - sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

 

- Opção 2

· Estátua de Zumbi dos Palmares – Praça da Sé

· Memorial das Baianas – sábado, das 9h às 16h

· Vila Étnica Cafeteria - sábado e domingo, das 9h às 13h. Ingresso visita guiada às salas temáticas: R$ 10

· Museu Udo Knoff Azulejaria e Cerâmica (Ipac) – sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

· Museu Gastronomia Baiana (Restaurante Senac) – sábado, das 9h às 14h30

 

"Salvador: Aspectos Históricos"

 · Memorial das Baianas - sábado, das 9h às 16h

· Igreja de São Pedro dos Clérigos - sábado, das 8h às 12h e das 13h às 17h - Entrada: R$3

· Vila Étnica Cafeteria - sábado e domingo, das 9h às 13h. Ingresso da visita guiada às salas temáticas: R$ 10

· Museu Tempostal (Ipac) - sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

· Centro Cultural Solar Ferrão (Ipac) - sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

 

"Salvador: Arte da Azulejaria"

 · Igreja e Museu da Santa Casa da Misericórdia – segunda-feira a sábado, das 10h às 17h; domingo, das 9h às 13h; feriado, das 13h às 17h. Ingressos: R$6 (inteira) / R$ 3 (meia)

· Igreja da Ordem Terceira de São Francisco – sábado e domingo, das 8h às 12h e das 13h às 16h – Entrada: R$5

· Fachada da Igreja e Convento do São Francisco (1587)

· Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Ipac) – sábado, domingo e feriado, das 12h às 17h

 

Fonte: Secom

Cultura e História, Vem pro Pelô, Entretenimento, Museus,