Espaço Cultural da Barroquinha

A Igreja da Nossa Senhora da Barroquinha, construída entre 1722 e 1726, foi quase destruída por um incêndio em março de 1984 e se encontrava num estado de grande degradação. No passado, a igreja da Barroquinha, além de um templo católico, era um espaço ligado às tradições das nações africanas, sendo frequentada por mulheres “nagô-iorubás”, da nação Ketu e pela população e trabalhadores locais.

Em 1991, a Fundação Gregório de Mattos (FGM) desenvolveu o projeto do Espaço Cultural Barroquinha, como proposta de transformar as ruínas da Igreja, matriz do sincretismo religioso, em espaço cultural. À época foi celebrado um convênio com a Arquidiocese de Salvador e aprovada a implantação do projeto através da Lei de Incentivo à Cultura. Só em dezembro de 2002, foi assinado um contrato de patrocínio com a Petrobras visando à execução da primeira etapa das obras de recuperação do templo católico.

Depois de uma ampla reforma, recuperação e restauro das ruínas da Igreja, o Espaço Cultural da Barroquinha foi entregue ao público em março de 2009. Este local é o primeiro passo para interromper o processo de degradação de mais um patrimônio arquitetônico da cidade e contribui para estimular a vocação cultural de Salvador, servindo como ponto de encontro para a produção e consumo das artes.

O espaço tem capacidade para receber espetáculos de teatro, dança e música e conta com uma estrutura que inclui área para apresentações e platéia para 135 espectadores. Possui também uma sala de administração, foyer, camarins com sanitários exclusivos, área para exposições, memorial e um café de apoio aos eventos.

Site: http://www.culturafgm.salvador.ba.gov.br/

Facebook: https://www.facebook.com/ecbarroquinha

Horário de Funcionamento: Seg - Sex 14h às 19h / Sab - Dom 14h às 18h 

Telefone: (71) 32027880