Lar Franciscano Asilo Santa Isabel

O Lar Franciscano Santa Izabel foi fundado em 1848 por membros dOrdem Terceira de São Francisco. Chamava-se Casa de Asylo de Santa Izabel e buscava dar abrigo aos membros idosos da Ordem, como faz ainda hoje.

Suas origens remontam à fundação de um hospital pela Ordem, em 1806, que foi transformado em asilo para idosos. Existia a ideia de se construir esse hospital já no século 17, quando testamentos da época registraram doações para a sua edificação.

A planta é do tenente coronel do Corpo de Engenheiros Militares do Império João Bloem. Possui 75 quartos e mais de 100 janelas. No início do século 20, as instalações foram reformadas e ampliadas. Obras foram concluídas em 1914 e novas reformas foram feitas em 1933, com a instalação de uma biblioteca e a construção de uma nova Capela.

A construção do conjunto arquitetônico atual, em estilo neoclássico, foi iniciada em 1848 e inaugurada em 1860, incluindo a primitiva Capela de Santa Izabel.

Hoje, com a denominação de Lar Franciscano, cabe às irmãs franciscanas hospitaleiras, desde 1932, zelar pela instituição e cuidar dos idosos. O acesso principal é feito pela rua Jogo do Lourenço, bairro da Saúde.

O imóvel foi tombado como Bem Cultural da Bahia, em 2002, pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).

O Lar é um dos melhores exemplos de arquitetura civil do século XIX na Bahia. Nos salões e cômodos do Lar Franciscano encontram-se móveis antigos que exibem o estilo neoclássico do lugar, bem como do seu jardim localizado no centro do lar, com quatro belas esculturas de mármore representando as estações do ano e o piso do saguão em lioz colorido retratam imensa beleza. A escadaria de mármore italiano dá um ar de pompa à linda fachada.