Instituto Geográfico e Histórico da Bahia

O Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, instituição cultural mais antiga do Estado, foi fundado em 13 de maio de 1894, para promoção de estudos, desenvolvimento e difusão dos conhecimentos de Geografia, de História e Ciências afins, além da defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico baiano e brasileiro.

Possui a maior coleção de jornais, e o maior acervo cartográfico da Bahia. Na Biblioteca Ruy Barbosa e Arquivo Histórico Theodoro Sampaio estão milhares de títulos e imagens à disposição do pesquisador, bem como o arquivo pessoal do seu patrono, contendo as suas “Cadernetas de Campo”. O IGHB possui riquíssimo acervo museológico, com mobiliário, telas, alfaias, armas, espadas, além de outras obras. É o guardião do Pavilhão 2 de Julho, no Largo da Lapinha, onde estão os dois principais símbolos da maior festa cívica do país: o Caboclo e a Cabocla. A sua majestosa sede, monumento erguido para as comemorações do Centenário da Independência do Brasil na Bahia, foi justificadamente cognominada de “A Casa da Bahia”, pois o povo baiano que possibilitou os meios financeiros e materiais para a sua construção, bem como doou grande parte do acervo.

O IGHB é uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).
Visitação: de segunda a sexta, das 13h às 18h
Biblioteca: de segunda a sexta, das 13h às 18h
Arquivo: de segunda a sexta, das 13h às 17h
Administrativo: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Telefone (71) 3329-4463 / 3329-4423
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Site http://www.ighb.org.br
Facebook https://www.facebook.com/InstitutoHistoricoDaBahia#
Horário de Funcionamento Seg à Sex 13:00 às 18:00