Música/Musical

18 de Janeiro

Popelô - “Canções e Árias de Óperas”, ao ar livre, no Pelourinho com a OCSAL

Apresentação gratuita da Orquestra de Câmara de Salvador - OCSal,  sábado (18), às 17h, pelo Popelô - Polo de Orquestras do Pelô. Como convidados especiais Larissa Lacerda (soprano) e Carlos Eduardo Santos (tenor).

final de tarde de verão no Pelourinho, plateia montada ao ar livre, a Orquestra de Câmara de Salvador – OCSal pronta para executar “Canções e Árias de Óperas”, aquelas que todo mundo conhece e cantarola. Composições como “La Traviata”, de Verdi, as Bachianas Brasileiras N° 5, de Villa-Lobos, O Sole Mio, de di Capua e A. Mazzuchi e a Ave Maria de Gounod. Pois tudo isso e muito mais vai acontecer no próximo sábado, 18/1, às 17h, no Cruzeiro do São Francisco, com cadeiras na plateia e de graça, no concerto do Popelô - Polo de Orquestras do Pelô, sob a coordenação do maestro Angelo Rafael, que rege também a OCSal.

Sobre Larissa Lacerda - Graduada em Canto Lírico pela UFBA, foi membro do Coro do TCA e hoje integra o Coral Paulistano, do Theatro Municipal de SP. A soprano tem na bagagem trabalhos com Helmuth Rilling (Alemanha e Chile), trabalhos como solista, junto a orquestras, sob regência dos maestros Julio Medaglia, Carlos Prazeres, Roberto Rodrigues e Naomi Munakata, e o 3º lugar no concurso nacional de canto Salvalírico. 

Sobre Carlos Eduardo Santos - Finaliza a graduação em canto na UFBA, integra a Arena Cia de Artes, o Coletivo 4 e o Núcleo de Ópera da Bahia, com destaques para o trabalho mais recente da turnê “Prelúdio” com Gilberto Gil, NOP e Cortejo Afro com apresentações no Brasil e Europa. Foi membro do Coro TCA, do Grupo Vocal Cantus Primus, do Madrigal da UFBA e do Coral Ecumênico da Bahia. Foi solista frente a Orquestra Sinfônica de Sergipe e participou do projeto “Ópera de Carnaval” com Daniela Mercury e convidados. Participou de master classes com os professores: António Salgado, Neyde Thomaz, Marília Vargas, Márcia Alivertti, Lawrence Zazzo, Ângela Barra e outro

Repertório:

Serenata para Cordas (A. Nepomuceno)

1°, 2° e 3° Movimentos da Suíte Capriol (P. Warlock)

O Mio Babbino Caro, para soprano e cordas (G. Puccini)

Nessum Dorma, para tenor e cordas (G. Puccini)

Quem Sabe?, modinha para soprano e cordas (A. Carlos Gomes)

O Sole Mio, para tenor e cordas (Música: Eduardo di Capua e Alfredo Mazzuchi / Letra: Giovanni Capurro)

Bachianas Brasileiras N° 5, para soprano e orquestra cordas (H. Villa-Lobos / adapt. Dennis Leoni)

Melodia Sentimental "Floresta Amazônica", para voz e cordas (H. Villa-Lobos)

Libiamo ne 'Lieti calici - Brindisi "La Traviata" , para soprano, tenor e cordas (G. Verdi)

Ave Maria, para soprano, tenor e cordas, (Gounod/Bach)

Ficha Técnica :

Direção Musical e Maestro Principal: Angelo Rafael Fonseca

Maestro Assistente: Jean Prado

Produtora Executiva: Cinthia Pessoa Santiago

Arquivista: Davi Cerqueira

Assistente de Produção: Cosmelito Bob

Violino 1: Junio Santana (spalla), Danilo Lopes e Karen Silva

Violino 2: Jefferson Souza, Ana Cely Venturini e Juninho Neri

Viola: Aby Machado e Davi Cerqueira

Violoncelo: André Eugênio Biondi e Nilton Cerqueira

Contrabaixo: Rodolfo Lima

 

Sobre o Popelô - O Popelô - Polo de Orquestras do Pelô realiza até fevereiro os ensaios abertos, no Largo do Pelourinho,  e os concertos ao ar livre no Largo do Cruzeiro de São Francisco. O Popelô dá apoio ao amadurecimento da pesquisa musical singular feita na capital baiana pelas orquestras, e pretende sedimentar o gênero próprio de música que é produzido por elas na cidade, através de suas ações dentro do Pelourinho Dia e Noite. 

POPELÔ – Polo de Orquestras do Pelourinho – concertos aos sábados, às 17h

18 – Orquestra de Câmara de Salvador (maestro Ângelo Rafael)

25 – Sanbone Pagode Orquestra (maestro Hugo Sanbone)

 

POPELÔ – Polo de Orquestras do Pelourinho – ensaios às quartas, às 19h

Dias 22 e 29, no Largo do Pelourinho

Todos os dias Orquestra Afrosinfônica (maestro Ubiratan Marques).

Neste sábado (18)
Local: Largo Cruzeiro de São Francisco - 17h
Gratuito