Inclusão Social

A Secretaria Municipal de Promoção Social (Semps) também realiza ações voltadas para o programa Pelourinho Dia e Noite, na região do Centro Histórico de Salvador. O principal foco destas ações, são as pessoas em situação de rua, ou seja, que ocupam logradouros públicos. Estas passam por uma abordagem social periódica feita por educadores sociais que tentam convencer estas pessoas a deixar a situação de vulnerabilidade social.

Uma das medidas implementadas foi a criação de uma equipe fixa no Pelourinho composta com um assistente e três educadores sociais que realizam o trabalho de segunda a sexta-feira. Aos finais de semana, a abordagem é realizada pelas equipes de plantão.

Os que aceitam os atendimentos da Secretaria são encaminhados ao Centro Pop, onde são recebidos por assistentes sociais e psicólogos e encaminhados para as casas de acolhimento disponibilizadas pela Prefeitura e para a rede parceira. As pessoas também são acompanhadas por uma equipe multidisciplinar que propõe atividades culturais e sociais com o objetivo de promover a reinserção social, comunitária e familiar. 

Para o acolhimento de população em situação de rua, a Semps dispõe atualmente de seis unidades de abrigo institucional, com capacidade para acolher 50 pessoas cada, localizadas nos bairros de Pau da Lima, Itapuã, San Martin, Amaralina, Bonocô e Subúrbio.

Encaminhamento - A Secretaria também realiza a inscrição dos acolhidos em projetos e benefícios socioassistenciais e encaminha para retirada de documentação oficial, como a carteira de identidade e CPF. Também é providenciado o acesso a rede de ensino, de qualificação e requalificação profissional, com vistas à inclusão produtiva e o desenvolvimento de autonomia financeira para garantir o desenvolvimento dos indivíduos em sociedade.

Serviços para população em situação de vulnerabilidade social -  O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Barroquinha desenvolve as ações do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF), através de serviços de acolhimento, acompanhamento sociofamiliar, atividades socioeducativas com famílias no contexto comunitário, visando a orientação e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

Já o Centro de Referência Especializada da Assistência Social (CREAS) Sete – Portas, realiza atividades com o objetivo de fortalecer os vínculos familiares; incluir as famílias na rede de proteção social e serviços públicos; contribuir para romper o ciclo de violência no interior da família; contribuir para a reparação de danos e a incidência de violação de direitos; prevenir a reincidência de violação de direitos.

Outras ações - Para o atendimento e acolhimento de população situação de rua, identificada na região do Centro Histórico de Salvador, a Semps está reformando o Centro Pop da Baixa dos Sapateiros. Também serão instaladas unidades de acolhimento institucional, nas Avenidas Bonocô e Vasco da Gama (unidade que também contará com um Centro Pop), com capacidade para acolher 50 pessoas/cada.